Estar Atento é Manter-se no Agora

Será realmente que você sabe prestar atenção?

O fator mais importante para manter a atenção não é simplesmente se sentar com postura e olhar para algo, mas sim manter o foco.

Para manter o foco em sua maior essência é preciso estar em estado de presença, ou seja, totalmente centralizado em seu “eu” e no agora. Uma vez focado existem agentes internos — seus sentimentos, as “vozes dentro de você, sua mente vagando em seus pensamentos” — e externos a você — as pessoas, os sons, os aromas, e a energia que emana ao seu redor — que tentam a todo custo lhe desviar do AGORA, estes são os chamados distratores.

coach-roque-fernando-coaching
coach-roque-fernando-coaching

Distratores Sensoriais e Emocionais

Sensoriais são as distrações que atingem seus sentidos, por exemplo, você está lendo um livro numa área externa e quer se manter concentrado, mas seus sentidos o atraem pela voz ou pela beleza de outra pessoa. Você resiste e desvia o olhar para retornar sua atenção as letras enquanto seus sentidos te impulsionam para que você olhe para aquela pessoa. Isso pode ocorrer ao sentir o aroma de um perfume agradável, ou por conta do som da buzina insistentemente de um carro. Se as nuvens cobrirem o sol e a chuva tornar-se iminente seus sentidos vão reagir a mudança de temperatura e ao escurecer repentino.

Emocionais são os saltos de pensamentos e a imaginação que te sequestram a atenção, ou seja, experiências que ocorreram e seu cérebro busca comparar com o momento presente ou divagações de visões futuras que tiram seu foco. Quando você tem discussão pela manhã em que chateou quem ama, não consegue parar de pensar nisso enquanto está no trabalho. Por mais que tente se concentrar nas suas tarefas, seus pensamentos lhe seduzem para aquela preocupação.

Como treinar a mente para manter o foco?

Em nosso cérebro existe o córtex pré-frontal, responsável por nossos inibidores emocionais, onde fica o setor de planejamento, memória, execução e ação. É o nosso centro executivo, a área especializada em tomada de decisões. Com treino, podemos permitir que nossa mente racional iniba temporariamente nosso setor emocional, contribuindo assim para nosso discernimento, nossa concentração máxima e a busca de soluções mais assertivas, e para isso é necessário treino e controle.

O quanto você precisa treinar o seu foco? Assista nesse vídeo do Coach Roque Fernando

Teste o seu foco nesse vídeo com o Coach Roque Fernando

Roque Fernando é Consultor Corporativo, Coach Executivo e Professor em Tecnologia da Informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *